11 de janeiro de 2010


(...) As pessoas veem estrelas de maneiras diferentes. Para aqueles que viajam, as estrelas são guias. Para outros, elas não passam de pequenas luzes. Para os sábios, elas são problemas. Para o empresário, eram ouro. Mas todas essas estrelas se calam. Tu, porém, terás estrelas como ninguém nunca as teve... (...) Quando olhares o céu de noite, eu estarei habitando uma delas, e de lá estarei rindo; então será, para ti, como se todas as estrelas rissem! Desta forma, tu, e somente tu, terás estrelas que sabem rir! E quando estiveres consolado (a gente sempre se consola), tu ficarás contente por me teres conhecido. Tu serás sempre meu amigo. Terás vontade de rir comigo. E as vezes abrirás tua janela apenas pelo simples prazer... E teus amigos ficarão espantados de ver-te rir olhando o céu. (...).



O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint-Exupéry

2 comentários:

Ana Paula ;* disse...

Lindo seu blog , que texto lindo. passa no meu blog e comenta :D
BJsssssss

évila disse...

Esse livro é LINDO DEMAIS! Qualquer citação dele vale a pena. *------*