22 de fevereiro de 2010


Estou tentando correr junto ao tempo, mas ele é tão veloz que sempre ganha a corrida. Não há chance para mim, mas nessa de fingir, eu finjo que sou capaz, eu finjo auto-controle e, principalmente, eu finjo algum tipo de esperança que nem devia ter.


2 comentários:

Brunna disse...

Run Mandy, Run ...

Lobox disse...

sabes onde me encontar ein!