13 de fevereiro de 2010


Ela abre a mão e me estende um sorriso. Quanto mais o tempo passa, melhor fica. Porque a gente tem histórias mirabolantes pra contar. Sim sim, porque somos garotas de histórias mirabolantes. Mesmo com toda a rotina complicada a gente se encontra para simplesmente fazer ginástica com os dedos e os pensamentos. E tudo acaba ficando assim, plural. Mesmo sendo cada uma na sua. É tanta coisa aprendida e 'desvendada' entre um segundo e outro, entre uma palavra e outra, e entre um sorriso e outro. Mesmo longe, mesmo perto. A gente se encontra nas dores, dúvidas e alegrias. Descobrimo-nos cheias de frescurites que até assusta, de tão parecidas. Ela tem olhos de paisagem e pensamento de cristal. Mora muito longe. Mas a alcanço no pensamento. Porque ela tem asas, iguais as minhas.















- Hoje acordei com meu pai dizendo que uma amiga minha tinha passado aqui em casa, e deixado uns presentes pra mim. Levantei e fui ver, mas antes de levantar, eu já deduzia de quem eles eram. Deduzia, mas não acreditava.. Principalmente ao ver o caderno lindo que ela fez pra mim, no estilo do que eu dei pra ela ano passado no aniversário de 18 anos dela.. Coisas nossas, fotos, comentários que a gente fazia, mesmo no final, quando já tinha acabado de ver tudo, ainda não acreditava que ela tinha se dado ao trabalho de fazer um pra mim. Porque nós nunca acreditamos, esse é o erro do ser humano. Eu sei que as vezes, queremos um amigo o tempo todo com a gente, e os queremos conosco nos momentos em que consideramos mais importantes, e confesso que isso não acontecia .. Eu entendia sempre, mesmo quando todos falavam pra eu não entender, eu continuava a entender.. Mesmo quando todos falavam do jeito 'frio' dela, eu ainda estava lá considerando ela como minha melhor amiga, mesmo que ela não me considerasse.. E quando todos falavam 'ela não vem', eu ainda acreditava que ela iria estar lá, mas infelizmente nem sempre as coisas são como queremos, nem o que eu queria, nem o que ela queria. Sim, fiquei chateada, com certeza, afinal não tinha sido a primeira, nem a segunda, nem a terceira vez .. mas acho que ser amigo é perdoar, e buscar outros momentos importantes para passarmos juntos..! Temos motivos, claro, motivos muito importantes, que Deus acaba escolhendo, pois Ele sempre sabe o que é melhor para nós. E claro que eu entendo o seu motivo. Depois de ver todo aquele caderno, com coisas que só a gente entende, e depois de chorar (sim, eu chorei mesmo), não tem como ficar com raiva, nem chateada com você. Ainda és minha amiga, e sim, eu te considero ainda minha melhor amiga, porque pra mim amigo é aquele que mesmo que fiquemos semanas e meses sem nos falar, quando nos encontramos novamente, parece que nos vimos no dia anterior, e acabamos adivinhando tudo um do outro. Espero que esse ano seja um ano diferente pra gente. Obrigado Lívia, te amo amiga. -

2 comentários:

*Natália* disse...

'amigo é aquele que mesmo que fiquemos semanas e meses sem nos falar, quando nos encontramos novamente, parece que nos vimos no dia anterior, e acabamos adivinhando tudo um do outro.

Aaah... minha melhoor amiga euu não vejo sempre, mas sei que ela torce por mim e eu torço HORRORES por ela. Tá smp nas minhas orações, sabe ??

E nem por isso qd a gnt se encontra, parece que foi ontem!!

Beijos.

Lobox disse...

que coisa mais linda, amiga! muito feliz por vocês, sei que te fazia muita falta ela por perto!